Voltar

TCE-GO solicita informações sobre estoque de oxigênio para uso hospitalar no estado

TCE-GO solicita informações sobre estoque de oxigênio para uso hospitalar no estado

Ofício determina que seja também informado se o número de profissionais de saúde seria suficiente em caso de grande aumento da demanda

  • person Gustavo Alexandre Aires R. Lopes
  • schedule 20/01/2021
  • Atualizado em 22/03/2022
Imagem da Notícia

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO), Sebastião Tejota, relator da Secretaria de Estado de Saúde, encaminhou  hoje (20/jan.) ofício ao titular da pasta, Ismael Alexandrino, para que, no prazo de dois dias, informe à Corte de Contas se o estoque de oxigênio da rede estadual é suficiente para atender um eventual aumento expressivo da demanda, semelhante ao que ocorreu no estado do Amazonas.  A iniciativa segue recomendação do Conselho Nacional de Presidentes dos Tribunais de Contas (CNPTC), como resposta ao aumento considerável do número de casos de Covid-19 em todo o País e a grave crise que se instalou no Amazonas.

            O documento também questiona se, com o acréscimo do número de internações, o quantitativo de profissionais de saúde seria suficiente; que diligências estão sendo realizadas para evitar uma crise semelhante à instaurada no Amazonas; qual a situação dos contratos com empresas fornecedoras de oxigênio e ainda se o Estado possuiu número suficiente de seringas para dar sequência ao Plano de Imunizações. A depender das respostas, o relator poderá solicitar novas providências.

 

Texto: Heloísa Lima

Ilustração: Anderson de Castro

Atendimento à imprensa

Diretoria de Comunicação

Tel: (62) 3228-2697 / 3228-2699

E-mail: imprensa@tce.go.gov.br


Atendimento ao cidadão

Ouvidoria

Tel: (62) 3228-2814 / 3228-2894

E-mail: ouvidoria@tce.go.gov.br

 

 

TCE-GO solicita informações sobre estoque de oxigênio para uso hospitalar no estado
Ofício determina que seja também informado se o número de profissionais de saúde seria suficiente em caso de grande aumento da demanda
Por $nomeUsuarioPubli
22/03/2022

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO), Sebastião Tejota, relator da Secretaria de Estado de Saúde, encaminhou  hoje (20/jan.) ofício ao titular da pasta, Ismael Alexandrino, para que, no prazo de dois dias, informe à Corte de Contas se o estoque de oxigênio da rede estadual é suficiente para atender um eventual aumento expressivo da demanda, semelhante ao que ocorreu no estado do Amazonas.  A iniciativa segue recomendação do Conselho Nacional de Presidentes dos Tribunais de Contas (CNPTC), como resposta ao aumento considerável do número de casos de Covid-19 em todo o País e a grave crise que se instalou no Amazonas.

            O documento também questiona se, com o acréscimo do número de internações, o quantitativo de profissionais de saúde seria suficiente; que diligências estão sendo realizadas para evitar uma crise semelhante à instaurada no Amazonas; qual a situação dos contratos com empresas fornecedoras de oxigênio e ainda se o Estado possuiu número suficiente de seringas para dar sequência ao Plano de Imunizações. A depender das respostas, o relator poderá solicitar novas providências.

 

Texto: Heloísa Lima

Ilustração: Anderson de Castro

Atendimento à imprensa

Diretoria de Comunicação

Tel: (62) 3228-2697 / 3228-2699

E-mail: imprensa@tce.go.gov.br

-


Atendimento ao cidadão

Ouvidoria

Tel: (62) 3228-2814 / 3228-2894

E-mail: ouvidoria@tce.go.gov.br

-


NOTÍCIAS RELACIONADAS

21 jun 2024 18:07:59 calendar_today

person Alexandre Alfaix de Assis

TCE-GO apura débito de R$ 2,2 milhões à Fundação Universidade de Brasília

Instituição não cumpriu contrato para capacitação dos servidores do SUS em Goiás

21 jun 2024 18:05:33 calendar_today

person Alexandre Alfaix de Assis

Levantamento do TCE-GO avaliou gestão na segurança pública

Fiscalização utilizou modelo do TCU para formar indicador numérico

21 jun 2024 18:00:56 calendar_today

person Alexandre Alfaix de Assis

UEG deve apresentar informações ao TCE-GO sobre contratos temporários

Determinação tem prazo de 15 dias para o seu cumprimento

21 jun 2024 14:43:09 calendar_today

person Bruno Eduardo Balduino de Souza

Fórum debate desburocratização na Assembleia Legislativa

Tribunal de Contas participou de debate sobre simplificação de processos